D. Dinis Business School

CRÓNICAS DE GESTÃO | DA GARAGEM PARA A EMPRESA

CRÓNICAS DE GESTÃO | DA GARAGEM PARA A EMPRESA

Vítor Ferreira

Diretor Executivo da D. Dinis, Business School

As Empresa Grandes e as pequenas empresas ajudam-nos a perceber que o sucesso realmente depende muito de determinação, fé e trabalho árduo. Muitas vezes não importa onde se inicia o negócio ou quanto dinheiro se coloca nele, porque a paixão, compromisso e coragem são, muitas vezes, tudo o que precisamos para tornar uma empresa um sucesso. As empresas seguintes têm algo em comum: foram criadas com muito conhecimento, perseverança e numa Garagem.

Google - O motor de busca mais famoso do mundo começou numa garagem. Larry Page e Sergey Brin, graduados da Universidade de Stanford, arrendaram uma garagem de um amigo, SusanWojcicki, em setembro de 1998. Eles trabalharam noite e dia naquilo que seria conhecido como Google. O seu principal objetivo ao criar o site foi organizar e manter todos os tipos de informações numa única plataforma acessível para pessoas comuns em todo o mundo. Hoje o Google vale 727 mil milhões de dólares.

Apple - A Apple foi iniciada numa garagem na Califórnia por três jovens. Steve Jobs, Steve Wozniak e Ronald Wayne desenvolveram o primeiro computador Apple em 1976 na garagem da casa dos pais de Steve Jobs. O Apple I foi vendido como uma motherboard a uma loja local por 500 dólares e logo em seguida a equipa criou o computador Apple II. Hoje a Apple é a empresa mais valiosa do mundo (869 mil milhões de dólares).

Microsoft - Qualquer utilizador de Pc conhece a marca Microsoft. O seu software MsDos foi concebido numa pequena garagem em Albuquerque por Bill Gates e o seu amigo Paul Allen. Ambos deram importância às operações de linguagem e de programação para criar o sue sistema operativo. Licenciaram o seu primeiro sistema operativo por 80 mil dólares e mais tarde iniciaram uma cooperação com a IBM. Hoje, o Windows é o software mais utilizado no mundo e a empresa vale cerca de 660 mil milhões de dólares.

Amazon - Amazon.com é um conhecido site de compras on-line que foi criado em 1994 como uma livraria on-line por Jeff Bezos. Ele criou o site na sua garagem em Washington, originalmente investindo cerca de 40 mil dólares. Ele conseguiu vender o seu primeiro livro em julho de 1995, e desde então transformou a Amazon na maior loja de compras online no mundo.

Disney, HP, Harley Davidson, são exemplos de outras empresas que também começaram numa garagem. Todas estas empresas começaram com pouco capital de investimento e num pequeno espaço físico, mas o trabalho duro e dedicação inabalável originou um enorme sucesso.  Contudo, as lições de gestão a retirar deste tipo de caso têm sempre de ser analisadas com cautela.  Primeiro, existe uma falácia post hoc ergo propter hoc ("depois disso, logo causado por isso"), que leva muitas vezes as autoridades de política a criar "garagens" para promover o empreendedorismo (por exemplo, excesso de parques empresariais e tecnológicos). Depois, estes são os casos de sucesso e para cada uma destas histórias existem milhares de falhanços. 

O mais importante é perceber que é possível, que se deve estar preparado e que se acreditarmos na oportunidade de negócio devemos tentar de novo. Já agora, todos estes casos escondem pequenas histórias, como a da IBM ter negociado primeiro com a Digital Research antes de escolher a Microsoft (Gary Kildall criador do CP/M terá falhado uma reunião porque estaria a fazer asa-delta, tendo a empresa decidido chegar a acordo com a Microsoft).Finalmente, o fio condutor destas histórias, para além do trabalho árduo, é a prevalência de 3 fatores: conhecimento, sentido de oportunidade e criatividade. Estas são as pedras basilares da economia do século XXI
onde o cérebro bate o capital. 

 

Crónica publicada no Jornal de Leiria 

Subscreva a nossa newsletter e fique a par das últimas novidades