D. Dinis Business School

10 maiores benefícios do e-commerce

10 maiores benefícios do e-commerce

Em 2017, o volume de vendas resultantes de comércio eletrônico em Portugal foi superior a 4,5 mil milhões de euros, com um crescimento de 12% face a 2016, sendo que apenas pouco mais de 65% da população utiliza a internet.

Com o aumento da indústria ligada ao comércio online, os empresários e as organizações estão cada vez mais focados em procurar ter uma loja online onde possam vender os seus produtos e serviços. É de conhecimento geral que o futuro passa pelo comercio online, onde a panóplia de vantagens é imensa para as empresas.

Têm surgido cada vez mais organizações que se dedicam em exclusivo aos canais online (seja marketplace ou canal próprio).

Vamos enunciar os enormes benefícios que o comércio eletrônico trouxe para as organizações e c como as mesmas optam por estratégias omnicanal.

Os consumidores já não têm hábitos de consumo tão lineares como nos tempos que antecederam a internet. O atual consumidor pode comprar (quase) tudo 24 horas por dia, 7 dias por semana, em qualquer lugar do mundo. Contudo antes de sequer pensar em optar por uma solução de e-commerce, pense se tem capacidade para este compromisso. Uma vez aceite este compromisso com o seu cliente, será um compromisso qual não deverá desfazer-se.

 

Conveniência:

A facilidade e a conveniência de poder fazê-lo em qualquer lugar e a qualquer hora é um dos motivos pelos quais os utilizadores optam em ficar fãs deste canal.

A facilidade com que se compra é incrível, sem precisarmos de nos registarmos (infelizmente ainda não é possível em todas as lojas online - não entendo porquê). Em 3 ou 4 cliques conseguimos efetuar a nossa compra. Imaginem como poupamos tempo precioso, e dinheiro.

 

Descarregamento de Catálogos:

A facilidade com que os consumidores recebem toda a informação dos produtos, quer seja através da loja online, quer seja através do descarregamento de um catálogo, é uma forma de economizar, bem como de fazer tracking a uma determinada ação para que no futuro nos possamos aproveitar dela para entender os nossos utilizadores e converter aqueles que não são clientes, em clientes. Como é óbvio, também serve para fazermos ações de melhoria em todo o funil da jornada do consumidor.

 

Tráfego dos Motores de Busca:

Grande parte do sucesso da nossa loja online prende-se com a quantidade de tráfego que conseguimos levar, através dos motores de busca, para a nossa loja online, quer seja por SEO ou SEA. Claro que o nome da marca é fundamental para ir construindo notoriedade (nada muda em relação ao offline), bem como uma excelente customer experience journey. Tudo deve ser pensado para o cliente primeiro, a partir daí pensa-se em otimizar para os motores de busca: não falássemos nós com pessoas e não bom robots.

 

Custos Logísticos:

Indiretamente, podemos dizer que é possível diminuir custos de gestão de armazenamento de produtos através de mecanismos de otimização que nos permitem entender quais os produtos que têm maior saída, com maiores margens, quais os produtos com validade mais próxima do fim, entre outros.

 

Hábitos de Consumo:

Para mim, a melhor parte do digital é que podemos medir tudo aquilo que fazemos, seja em tempo real, seja através de reports. Estudar os hábitos de consumo (exemplo da jornada do consumidor que falamos anteriormente) é fundamental para entender os nossos clientes, e perceber como podemos aumentar o ticket médio da nossa loja.

 

Clientes Felizes são os Embaixadores:

Há certas features imprescindíveis numa página de produtos otimizada, como é o caso das avaliações a produtos nas páginas dos mesmos. Os testemunhos dos seus clientes à experiência, a avaliação que fazem aos produtos, tudo é fundamental para convencer outros utilizadores de que estão a fazer a escolha certa.

 

Globalização:

As lojas físicas são limitadas geograficamente em comparação às lojas online. Quem é que faz 600 quilómetros para comprar um vestido, quando pode optar por outro a 1 quilómetro da sua residência? Contudo se soubesse que o produto chegaria a sua casa, sem precisar de sair da mesma, a questão já seria outra. Não há barreiras à internacionalização. Muitas vezes os mercados que não esperamos acabam por ser aqueles que mais nos fazem render. É aqui que entra a parte de testar!

 

Aberto 365 Dias:

Provavelmente este será um dos benefícios, se não o maior deles todos. Obviamente, será importante perceber se a maior parte das encomendas acontece num contexto laboral, ou pós-laboral, para entender quando é que a sua equipa de apoio ao cliente deverá estar presente.

 

Diminuir Custos:

Não ter de investir em infraestruturas numa loja física não significa que as lojas online também não sejam dispendiosas. A verdade é que montar uma loja online tem os seus custos iniciais e custos mensais, mas podem ser bastante mais reduzidos que os custos físicos e a quantidade de clientes poderão ser bastante maiores. Contudo não é obrigado ao investimento mensal em publicidade, por exemplo. Poderá optar por otimizar a sua loja ao máximo para garantir um elevado tráfego orgânico exponencial ao longo do tempo.

 

Capacidade Analítica:

Provavelmente o melhor que o digital tem é a capacidade de medirmos tudo que fazemos e tirar conclusões rapidamente. Podemos rapidamente calcular qual o número médio de clientes que temos ao longo do dia, número de encomendas diárias, número médio de produtos em cada encomenda, qual o motivo dos carrinhos abandonados, a utilização de promocodes, entre outros.

 

Conclusão:

Apesar de cada vez mais se falar em comércio eletrônico, é sempre importante salientar que sem uma estratégia bem planeada, é impossível alcançarmos os objetivos a que nos propomos, pois o e-commerce não é um milagre da natureza que nos torna ricos do dia para a noite, é apenas mais um canal central da nossa estratégia.

As empresas devem focar-se em ganhar terreno o mais cedo possível, e a hipótese de captarem novos clientes deveria ser uma premissa para se lembrarem do porquê de ser tão importante.

 

Texto redigido por Tiago Almeirda Noqueira, coordenador do Curso de E-commerce.

Wesibe: Tiagoalmeidanogueira.com

 

 

Se necessita de adquirir uma visão 360º do que é o panorama do e-commerce, então esta é a formação certa para si, com formadores de excelência.

Saiba mais sobre o Curso de E-commerce aqui.

Subscreva a nossa newsletter e fique a par das últimas novidades